terça-feira, 11 de março de 2008

POEMA AXIOLÓGICO

O mal é mel,
o bom é bomba,
o mal me quer
o bem querer...

O bem vem
o mal sal
o bem também,
o mal sai
o bom tom
o mau tchau.

(2007)

Um comentário:

Germano V. Xavier disse...

Esses poemas-sopapos seus me deixam sem palavras, Mateus...
É como dar uma tragada no melhor Havana, e depois se deleitar com a fumaça transando com o ar do mundo...

Muito bom, sempre...

Germano